A morte de Átila

 

"Átila morreu na noite de núpcias"

 

VERDADEIRO OU FALSO?

 

VERDADEIRO

Diabolizado pela historiografia cristã, mas muito respeitado por outras culturas, este guerreiro temível foi vencido de maneira inesperada.

Átila foi rei dos Hunos durante dezanove anos, de 434 a 453. (...) A única derrota que Átila sofreu também foi assombrosa: aconteceu em 451 nos Campos Cataláunicos contra o general romano Aécio. No ano seguinte, os Hunos retiraram-se para leste e o seu rei morreu um ano mais tarde, em circunstâncias estranhas atendendo à sua fama de guerreiro selvagem. Os Hunos acabavam de festejar o casamento do rei com a princesa Ildiko. Após uma festa bastante ruidosa, Átila desapareceu a cambalear com a sua nova esposa. No dia seguinte de manhã, um criado horrorizado descobriu-o morto na cama, ao lado de Ildiko lavada em lágrimas.

Começaram logo a circular rumores. O que se teria passado? Tratava-se de uma morte natural ou ficara a dever-se a alguém? E porque não Ildiko, que passara num tempo recorde do estado de esposa para o de viúva? Foram os médicos legistas que esclareceram as dúvidas: (...). O reino dos Hunos não durou muito tempo após a morte de Átila.

Excerto retirado de "A INCRÍVEL HISTÓRIA DO MUNDO"