Carta do Editor

Carta do editor

 

 

O Senhor Supense!  

Não é possível contar a história do cinema sem falar de Alfred Hitchcock, um dos maiores realizadores de sempre e mestre incomparável do cinema de suspense. Dono de um típico humor britânico e senhor de uma postura desconcertante, nunca conseguiu unanimidade na apreciação da sua obra. Genial para uns, banal para outros. Se fosse vivo, teria feito em agosto passado 120 anos. Por isso, nesta edição propomos-lhe uma viagem ao universo de Hitchcock e da sua vida desde a infância, num texto do jornalista Mário Augusto.

 Destaco ainda, nesta edição, o artigo «Como Viver Livre da Demência». Um pouco por todo o mundo, e na Europa em particular, as demências são cada vez mais diagnosticadas. Mas em muitos casos, conseguimos prevenir que os nossos cérebros sejam devastados pelo declínio cognitivo.

 E porque ainda estamos em tempo de férias, propomos-lhe uma viagem até às ilhas Shetland, destino com uma história riquíssima, paisagem acidentada e uma beleza única. 

 E como sempre, divirta-se com as nossas páginas de humor.

Tenha um excelente mês.

Mário Costa

Editor executivo