Oito Alimentos com Poder Curativo Extra

Alguns benefícios para a saúde pouco conhecidos que pode encontrar na carne, legumes e laticínios.

 

Extraído do livro "Alimentos que fazem mal, alimentos que fazem bem"

EMBORA SAIBA que a fibra das maçãs e dos brócolos ajuda a evitar a diabetes e doenças cardíacas, que os antioxidantes dos frutos vermelhos têm poderes anticancerígenos e a proteína da carne magra ajuda a construir músculo, sabe que as sementes de linhaça podem reduzir os afrontamentos? Eis 12 alimentos mais saudáveis do que julgava.

ESPARGOS PARA A TENSÃO ALTA

Os espargos contêm asparagina diurética natural, que ajuda o corpo a expelir os líquidos e o sal em excesso. Isto é útil para quem sofre de inchaço relacionado com a tensão alta. Além disso, a vitamina B presente nos espargos pode ajudar a combater o declínio cognitivo e a depressão. No entanto, se sofre de gota reduza o consumo de espargos ao mínimo: os espargos contêm purinas que podem precipitar ataques dolorosos.

CHÁ CONTRA AS INFEÇÕES

O chá tem uma substância química, a L-teanina, que aumenta quase cinquenta vezes os linfócitos T gama-delta (células sanguíneas do sistema imunitário que correspondem à primeira linha de defesa do corpo contra infeções). No entanto, o chá pode reduzir a absorção do ferro em mais de 80% quando consumido numa refeição rica neste mineral. Beber o chá entre as refeições ou acrescentar-lhe umas gotas de limão pode atenuar este efeito.

PORCO PARA DAR ENERGIA

A carne de porco é fonte de tiamina, uma vitamina do complexo B importante na conversão dos hidratos de carbono em energia. É essencial para o funcionamento do coração, os músculos e o sistema nervoso central. E o zinco presente no porco ajuda a estimular o sistema imunitário.

QUEIJO PARA A SAÚDE ORAL

A gordura presente na maior parte dos queijos reveste os dentes e funciona como uma barreira natural contra as bactérias. O queijo também contém caseína, uma proteína que protege os dentes. Mas os queijos envelhecidos, como o queijo azul ou o Camembert, podem provocar enxaquecas em algumas pessoas.

LIMAS E LIMÕES PARA OS CÁLCULOS RENAIS

O ácido cítrico do sumo do limão e da lima ajudam a evitar alguns tipos de pedras nos rins porque reduzem a excreção de cálcio na urina. A casca do limão também é rica em rutina, fortalece as paredes das veias e dos vasos capilares, podendo atenuar a dor e a gravidade das veias varicosas.

FARELO PARA A DIVERTICULITE

Incluir farelo de trigo numa dieta rica em fibra pode ajudar a prevenir a diverticulite, um distúrbio intestinal caraterizado pela inflamação e infeção de pequenas bolsas protuberantes na parede do cólon. No entanto, o ácido fítico presente no farelo cru inibe a correta absorção do cálcio, ferro, zinco e outros minerais importantes.

PAPAIA CONTRA A ARTRITE

Uma papaia fornece o dobro da dose diária recomendada de vitamina C. Num estudo que envolveu mais de 20 mil pessoas descobriu-se que as que ingeriam menores quantidades de alimentos ricos em vitamina C tinham três vezes mais probabilidade de desenvolver artrite reumatoide do que as que consumiam grandes quantidades desta vitamina.

BETERRABA PARA UM CÉREBRO MELHOR

A beterraba produz óxido nítrico, que ajuda a aumentar o fluxo sanguíneo através do corpo e do cérebro, o que, por sua vez, ajuda a reduzir o risco de desenvolver a doença de Alzheimer e demência vascular. No entanto, as folhas verdes da beterraba são ricas em oxalatos, que podem formar pequenos cristais e contribuir para a formação de alguns cálculos renais.