Os Criminosos Mais Estúpidos do Mundo

 

Da Noruega à Polónia, ao Canadá e à Nova Zelândia, as suas infelizes desventuras nunca deixam de divertir.

 

Travados a fundo

 

HUNGRIA. No final de junho passado, o cofre de uma loja de câmbios em Budapeste prendeu a atenção de um pequeno grupo de assaltantes. Eles arrombaram e, de alguma forma, conseguiram arrastar o cofre de 250 quilos para a rua. No entanto, não foram longe - não conseguiram içar aquele peso morto para cima do carro. Para não serem identificados, atarefaram-se a apagar as impressões digitais do cofre. Os seus esforços foram observados com interesse por um vizinho e relatados à polícia.

 

 

NORUEGA. Um candidato a ladrão de uma mota de neve foi deixado para trás na cena do crime, em meados de março de 2013. O jovem não só foi filmado por uma câmara de vigilância, como também, depois de fazer uma ligação direta na mota de neve escolhida e de arrancar para fugir, foi travado com um safanão. A máquina estava presa por um forte cabo às fundações da loja. O ladrão ainda correu para tentar apanhar o seu companheiro, mas ficou postado, sozinho e confuso, quando aquele arrancou de carro, pensando que ele o seguia na mota de neve. Os ladrões foram presos pela polícia pouco depois. 

 

 

Denunciado pelo Telemóvel

 

FRANÇA. Por volta da 1 da manhã num subúrbio de Paris, um alarme contra ladrões é acionado e a polícia chega a tempo de prender um ladrão com joias roubadas no bolso - mas o seu cúmplice consegue fugir. Procurando pistas na casa, a polícia encontra um telemóvel que não pertence aos donos da casa. Selam-no num saco e levam-no para a esquadra. Alguns dias mais tarde, o telemóvel toca. A chamada é do assaltante. Pensa que alguém encontrou o telemóvel e o entregou na polícia, e é encorajado e ir buscá-lo - ele anui, e é imediatamente preso. 

 

 

Mal Escondido 

 

POLÓNIA. Um homem de 25 anos, atraído pelas ferramentas de uma obra na estrada, vai até lá, rouba as ferramentas e, de caminho, aproveita para roubar também a luz intermitente amarela de aviso. Quando sai da cena do crime, vê um carro da polícia e esconde-se atrás de uma paragem de autocarro, sem se aperceber de que o pisca amarelo denunciava a sua localização. 

 

 

Uma Impressão em Série 

 

FRANÇA. Um assaltante nas residênciasda Universidade de Lyon foi apanhado em flagrante a assaltar um quarto. Mas quando a polícia investigou, descobriu uma impressão de orelha nas portas de uns 80 quartos, pertencente ao assaltante. Antes de arrombar, ele primeiro escutava à porta, sem saber que as impressões de orelhas são tão únicas como as digitais. 

 

 

Trabalho Fácil para a Polícia 

 

REPÚBLICA CHECA. Um ladrão roubou roupas no valor de 525 euros de uma loja em Olomouc, capital da Morávia, em julho passado. Infelizmente para ele, quando saiu da loja com os bens roubados, deixou na sala de provas o seu próprio casaco com o bilhete de identidade no bolso, mesmo à espera da polícia. 

 

ALEMANHA. Numa pequena cidade perto de Bremen, outro ladrão, com 20 anos de idade, entrou numa loja de roupa e roubou algumas coisas. Mas a polícia encontrou este ladrão com facilidade: ele deixou uma intimação que lhe era dirigi da por outros crimes que alegadamente cometera. Confrontado pela polícia, confessou. 

 

 

Bem Escondido até demais

 

CANADÁ. Ao princípio de uma noite de 2012, a polícia do bairro de Villeray, em Montreal, avistou um homem de 19 anos procurado por mandatos pendentes. Quando os polícias se aproximaram para o prender, o suspeito pôs-se em fuga, levando-os a uma perseguição no telhado de um prédio próximo. De súbito ele desapareceu. Pouco mais tarde, as emergências receberam a chamada de um jovem que estava preso numa chaminé. Era o mesmo homem que a polícia tinha perdido de vista. Depois ter sido libertado e de ter recebido tratamento por ferimentos ligeiros, foi preso. 

 

 

REINO UNIDO. Um assaltante em série foi um pouco longe de mais desta vez. O homem de 33 anos foi apanhado depois de entrar num apartamento em Norwich e roubar um computador em 2012. Ele trazia um sinalizador eletrónico na altura, em consequência de uma sentença anterior. O sinalizador pode localizar um indivíduo com uma precisão de metros através de uma combinação de tecnologia GPS e telecomunicações. Foi condenado a cinco anos de prisão. 

 

NOVA ZELÂNDIA. Um condutor em excesso de velocidade que pensou ter despistado a polícia ficou estarrecido quando descobriu que, em vez disso, a tinha guiado até à sua plantação de canábis. O condutor fugido, de 39 anos, foi condenado por diversas acusações relacionadas com o crime - bem mais grave que o de excesso de velocidade - de cultivo de canábis. 

 

 

Quanto? 

 

POLÓNIA. Em agosto de 2012, um jovem e a sua namorada assaltaram um trabalhador ferroviário que ia a caminho de casa, roubando-lhe o telemóvel, documentos da sua carteira, o uniforme e 10 euros em dinheiro. Mas eles sabiam que teriam problemas em vender os bens roubados, por isso propuseram à vítima um negócio invulgar - e no final, fracassado. Estavam dispostos a vender-lhe tudo de volta por 15 euros. Estavam tão confiantes na ideia que tinham tido que concordaram encontrar-se com ele no dia seguinte para completar a transação. Chegaram à hora combinada, para encontrar a polícia. 

 

 

Cabeça de Andorinha? 

 

FRANÇA. Ao assaltar uma loja de animais de estimação em Oullins, no centro de França, em junho passado, o jovem ladrão não conseguiu resistir a levar o papagaio colorido que se encontrava numa gaiola num canto. Quando fugiu com 1000 euros e o pássaro, uma testemunha chamou a polícia e apontou na direção certa. Não foi difícil à polícia encontrá-lo, já que uma pena de papagaio caída à 

sua porta o denunciou. 

 

 

Cuidado com Quem Rouba! 

 

REPÚBLICA CHECA. Sem o conhecimento de um infeliz ladrão, um polícia reformado decidiu passar a noite na auto caravana da família, para manter as suas coisas debaixo de olho, uma vez que ele e a mulher tinham chegado de férias demasiado tarde para desfazer as malas. Por volta das 4 da manhã, ouviu um barulho. Percebendo que era o motor da autocaravana que estava em movimento, saltou da sua  cama no teto diretamente para o lugar da frente... O jovem ladrão fugiu pela porta do condutor e desapareceu na noite. A polícia nunca o apanhou. 

 

 

Quem Eu? 

 

REPÚBLICA CHECA. Durante o serão do dia 20 de maio de 2012, a polícia fez uma operação stop a um condutor suspeito de conduzir sob o efeito de álcool. Enquanto os agentes se dirigiam para o carro, o condutor preparou uma desculpa extraordinária. Insistiu que não era ele que ia a conduzir, mas sim o seu pequeno cão cinzento - que ele colocou no lugar do condutor. Foi-lhe dada uma pena suspensa.