Reduza o risco de cancro

 

Comece por mudar o seu estilo de vida

 

AS DOENÇAS ONCOLÓGICAS   são a segunda causa de morte em Portugal, e ao longo dos últimos anos assistimos a um aumento da incidência do cancro no nosso país (aumento de aproximadamente 3% ao ano). O envelhecimento da população e as alterações do estilo de vida têm contribuído para o aparecimento de novos casos. 

As causas não genéticas, como as escolhas que fazemos no nosso dia-a-dia (alimentação, nível de atividade física, controlo do peso corporal e outros fatores ambientais), têm um impacto determinante no risco de desenvolvimento de doenças como o cancro.

 

Comece hoje a prevenir!

As causas evitáveis de cancro são de grande importância: o tabaco, a exposição solar, os erros alimentares, a obesidade, o consumo excessivo de álcool e a infeção por alguns vírus são fatores de risco a ter em conta na prevenção.

 

Não fume.

O tabaco é a principal causa evitável de cancro.

 

Seja mais ativo.

A maioria dos investigadores concorda que um adulto deve realizar uma atividade física moderada, como andar energicamente durante pelo menos 30 minutos, cinco ou mais dias por semana.

 

Mantenha um peso adequado.

Manter o peso corporal dentro de parâmetros normalizados – índice de massa corporal (IMC) entre 18,5 e 24,9 kg/m2 – é importante para reduzir o risco de cancro e de outras doenças crónicas.  

 

Adira ao padrão alimentar mediterrânico.

Sabemos que o nosso país tem toda a potencialidade para a prática de um padrão alimentar mediterrânico, mas os dados revelam que a adesão moderada a este padrão representa apenas cerca de 41,4% da população portuguesa. 

O padrão alimentar mediterrânico, visto como o mais saudável e o mais sustentável do mundo, é caracterizado pelo consumo elevado de produtos vegetais produzidos localmente, frescos e da época, em detrimento do consumo de alimentos de origem animal.

Além desta importante característica, há a salientar neste padrão o consumo de azeite como principal fonte de gordura, a utilização de ervas aromáticas para temperar, e uma cozinha simples que tem na base pratos como as sopas, os cozidos, os ensopados e as caldeiradas.

 

Modere a ingestão de bebidas alcoólicas.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) define como consumo moderado de álcool a ingestão de uma dose/dia para as mulheres e duas doses/dia para os homens. A ingestão de doses diárias acima das referidas é considerada prejudicial.

 

Proteja-se da exposição prolongada ao sol.

Limite o tempo de exposição ao sol e a outras fontes de radiação UV, evitando assim o envelhecimento precoce e alterações da pele.

 

Evite exposição a tóxicos. 

Evite a exposição a químicos carcinogénicos: evite produtos de limpeza aerossóis, lave as mãos após usar produtos de limpeza, use luvas ao manusear pesticidas, mantenha as portas e janelas abertas sempre que usar químicos ou tintas em casa. Escolha, se possível, alimentos provenientes de agricultura biológica e cosméticos com certificação biológica.

  

Reduza o stress . 

 O stress  pode comprometer o seu estado geral de saúde. Relaxe e medite mais. Organize melhor o seu dia e evite a ansiedade.