Sorria pela sua saúde

 

Rir é um remédio? Não é uma piada!

O riso "ajuda" em afeções frequentes e dores crónicas.

 

"Uma boa gargalhada e um sono prolongado são as duas melhores curas para tudo", assim reza um provérbio tradicional irlandês.

Apesar de não curar todas as doenças, o riso tem muitos benefícios positivos - mentais e físicos. Como todos sabemos, umas boas risadas aproximam as pessoas, pois aumentam a felicidade e a intimidade. O riso reforça os laços, mantém as relações saudáveis e excitantes e une as pessoas em momentos difíceis. Também pode fortalecer o sistema imunitário, reduzir a dor e aliviar o stress. E o melhor de tudo: é divertido, grátis e o melhor "remédio" que se pode tomar.

 

COMO FUNCIONA

Quando rimos, o nosso corpo relaxa, o que alivia a tensão física. Rir também estimula a libertação de endorfinas, as substâncias químicas naturais que nos fazem «sentir bem». O humor ajuda a dissipar emoções angustiantes e beneficia a saúde mental — é difícil sentir-se ansiedade, tristeza ou fúria quando se está a rir.

O riso aumenta o consumo de oxigénio, o que estimula os órgãos, como o coração, os pulmões e os músculos, e melhora a circulação. Os especialistas também acreditam que o riso tem benefícios a longo prazo, como melhorar o nosso humor, aumentar a satisfação pessoal, aliviar a dor e fortalecer o sistema imunitário. Quando temos pensamentos positivos, o corpo liberta substâncias químicas que ajudam a combater o stress e proporcionam alívio a várias doenças. O riso pode estimular o corpo a produzir os seus analgésicos naturais, o que é benéfico para as pessoas com dores crónicas.

Isto foi salientado por Norman Cousins, que é considerado um dos fundadores do domínio da psiconeuroimunologia (que investiga a ligação entre as emoções, o cérebro e o sistema imunitário). Na década de 1960, Cousins conseguiu aliviar as suas dores artríticas, abandonando o hospital e instalando-se num hotel a ver filmes dos Irmãos Marx e episódios de Candid Camera («apanhados»). No seu livro Anatomia de Uma Doença, refere que dez minutos de uma genuína barrigada de riso têm um efeito anestésico e proporcionam pelo menos duas horas de sono sem dores.

 

Texto retirado de "Os Remédios Naturais preferidos pelos médicos"